quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Merengue com Morangos

Nada como uma pausa para saborear um delicioso docinho…

Merengue com Morangos

Merengue com Morangos e calda de Chocolate.

Mais uma especialidade do The Point Carioca.

Em breve na nossa seção de Receitas.

40 anos do Rock Rural

Em meio a tanta controvérsia com as participações de cantores e bandas de gêneros musicais distintos no Rock In Rio de 2011, independentemente de serem excelentes em suas respectivas categorias, devemos relembrar alguns sucessos antigos do rock brasileiro.

Ze Rodrix e TavitoNesse ano de 2011, um dos primeiros “rocks rurais” comemora 40 anos de seu lançamento e gravação. Trata-se de “Casa No Campo”, de Zé Rodrix e Tavito.

Não podemos dizer que se trata de uma música ultrapassada, pois mantem-se viva, sempre lembrada e cantada em reuniões de jovens e velhos amigos.

A música, ganhadora do Festival de Juiz de Fora em 1971 e 4ª colocada no Festival Internacional da Canção do mesmo ano, além de gravada por Zé Rodrix, ficou popularizada mundialmente com a gravação de Elis Regina.

Já falamos, em outros posts, sobre sucessos de Zé Rodrix, inclusive sobre “Casa No Campo”, mas vale a pena ver esse vídeo em que os autores, junto com a “Jazz Big Band”, interpretam e contam a historia da música. Show gravado no Teatro SESC de Santos em 2008.

Pesquisando e passeando pela internet, encontramos uma banda do Rio Grande do Sul interpretando a mesma música, em 2006, ou seja, 35 anos após o seu lançamento.

Trata-se de “Acústicos & Valvulados”, uma banda gaúcha formada em 1991. Vejam o vídeo:

Prova, incontestável, que o rock não tem idade.

Para ver a letra e cifra da música, clique aqui. Nesse link você vai poder ver um vídeo com a interpretação de Elis Regina em um programa de TV da Alemanha.

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Cifraclub.com.br

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Não Põe No Meu …

Esse é o verso final do grande sucesso de João Bosco e Aldir Blanc, do ano de 1977, intitulado “Plataforma”.

Elis ReginaCom metáforas em sua letra maravilhosamente escrita, o samba fazia crítica ao regime militar da época.

No vídeo abaixo vocês verão a bela interpretação da saudosa Elis Regina com João Bosco em um programa de televisão.

Elis gravou outros grandes sucessos de João Bosco e de Aldir Blanc que, futuramente, você irá ver no The Point Carioca.

Apesar de ter mais do que 30 anos que esse samba foi composto, é sempre bom relembrar e refletir sobre a letra.

Não Põe No Meu” …

Para ver a letra e cifra da música, clique aqui.

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Cifraclub.com.br

Rock In Rio – e os esquecidos ?

Em se tratando de “rock” e não de um “mix” de estilos musicais, sentimos os esquecidosfalta de diversas bandas e cantores nacionais que fazem o verdadeiro rock. Sem falar nos internacionais, que foram substituídos, em grande parte, pelos “pops” que não passam de geradores de dinheiro para as gravadoras e, quase sempre, são descartados em uma próxima “temporada”.

Assim, como sugestão, poderíamos ter um festival tipo “Forgotten In Rio” que, certamente, contaria com a presença de muitos roqueiros que não fizeram parte do atual “Rock In Rio”.

Para lembrarmos alguns, vejam os vídeos abaixo :

Camisa de Vênus

Ultraje a Rigor

Rita Lee e Pitty

E, claro, contaria com muitos outros cantores e bandas nacionais e internacionais que fariam a plateia delirar com um genuíno show de rock.

Deixaríamos de ter “micaretas” e “pops”. Teríamos o autentico rock.

Não somos contra, muito pelo contrário, os outros estilos da MPB mas, se a cantora é fraca, deixa ela ficar cantando bossa nova em New York onde será sucesso garantido.

Se o cantor já não tem aquela voz bela e segura, se ele não tem uma boa pronúncia de outro idioma, não peçam para ele abrir o festival, pois nem uma orquestra sinfônica por detrás vai conseguir segurar o fracasso da apresentação.

E vamos deixar o “axé” para o carnaval.

Não precisamos “tirar o pé do chão”, basta sentir a “vibração do rock no coração”.

Bem, a ideia está lançada, só faltam os patrocinadores.

Vocês podem sugerir outros nomes para esse grande festival.

Mandem e-mails para thepointcarioca@gmail.com

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

RETIRADA DE VIDEOS

O site do Rock In Rio no YouTube retirou varios videos que estamos usando em nossos posts.

Por essa razao, estamos atualizando os posts na tentativa de usar videos colocados por outras pessoas ou outros Blogs.
Aguardem.

Rock In Rio 2011 – segundo dia

Para o segundo dia do Rock In Rio 2011, que aconteceu em 24/09/2011, vamos comentar a apresentação que realmente levantou o público.

Capital InicialTrata-se do show do Capital Inicial, banda formada em Brasília no ano de 1982.

Em sua apresentação, a banda agitou a galera de cerca de 100.000 pessoas, cantando antigos sucessos do rock nacional. Destaque para a apresentação de “Que País é Esse”, composição de Renato Russo.

Vejam o vídeo e comprovem o sucesso desse show:

Sem dúvida nenhuma, o show do Capital Social foi um sucesso.

Para ver a letra da musica, clique aqui.

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

domingo, 25 de setembro de 2011

Enfim, Rock In Rio 2011 – o primeiro dia

Foi dada a largada… Em 24/09/2011 os portões se abriram para o grande festival de Rock (?) no Rio de Janeiro.
Elton JohnEm seu primeiro dia, o festival desse “mix” de estilos musicais, que, inclui o rock, apresentou alguns deslizes costumeiros.Ed Motta
Como destaques entre todas as apresentações, elegemos Ed Motta e banda, na parte nacional, e, Elton John, na internacional.
A cerimonia de abertura aconteceu  no “Palco Mundo”, principal do evento, e pode ser vista no vídeo abaixo:

Substituimos o video postado anteriormente por ter sido retirado do YouTube. No video agora postado voce pode ver a pessima interpretacao que Milton Nascimento deu a esse tesouro musical do rock.
Ok, não vamos falar da falta de infraestrutura de transportes (não haviam ônibus suficientes para o numero de bilhetes vendidos), alimentação (faltou comida), segurança (mais de 200 registros de ocorrências de furtos, dentro e fora da área do evento), organização (onde?) e outros “probleminhas” que possam ter ocorrido nesse dia, afinal isso deve servir para que os próximos dias sejam melhores. Vamos torcer. Estamos nos preparando para uma Copa do Mundo e uma Olimpíada e, até lá, tudo será corrigido.
Mas vamos falar do que vimos de música:
O festival de ROCK foi aberto pelo grupo “Moveis Coloniais de Acaju”, que, segundo o Wikipédia se trata de “uma banda brasileira avant-garde de pop rock e art rock, com influências do indie rock, pós-punk, garage rock, ska e música típica brasileira.”. Estamos, até o momento tentando entender o que seria essa “definição”. Talvez, nem Gilberto Gil teria a capacidade de sintetizar tamanho “ecletismo”. Bem, para nós, faltou rock e, pior, quando tentaram, foi um desastre. Reparem no vídeo abaixo a apresentação da banda e, aos 4:48 minutos do vídeo, a “pior” execução de Lucy In The Sky With Diamonds que já ouvimos. A banda do Sargent Pepper deve estar se roendo de raiva se assistiu tal apresentação.
Também teve Sandra de Sá e Bebel Gilberto, que, por sinal, mostrou ser fraca para apresentação ao ar livre. Salvaram-se as músicas de Cazuza, mas, no todo, o show foi sofrível, apesar do esforço de Sandra na tentativa de “salvar” a fraca voz de sua parceira. Vejam o vídeo abaixo :
O video anteriormente postado foi retirado do YouTube, mas, nesse outro video abaixo voces podem ver o lamentavel show.

Mas, enfim, houve rock na “palco Sunset” do festival. Ed Motta junto com o guitarrista português Rui Veloso e o guitarrista brasileiro Andreas Kisser (da banda Sepultura) brindaram a plateia com um verdadeiro show. Vejam o vídeo com uma pequena parte dessa apresentação quando interpretaram “Layla” , de Eric Clapton.
Video original substituido:
 
Quanto ao “Palco Mundo”, principal do festival, tivemos o início com um bom show de rock brasileiro : “Os Paralamas do Sucesso” junto com “Titãs”. Relembrando antigos sucessos do verdadeiro rock nacional. Gostoso ver essa turma reunida se apresentando com a competência de sempre.
Video original substituido por ter sido retirado do YouTube. Postamos outro com a participacao, inclusive, de Maria Gadu.
Depois tivemos a “Micareta In Rio”, com Claudia Leitte, mais preocupada com a coreografia do que com a interpretação das músicas, acompanhada de um grupo que mais pareciam “dançarinas do Faustão”. Na tentativa de se enquadrar em “rock”, incluiu, em uma de suas músicas, pequenos versos de “Satisfaction” dos The Rolling Stones. Para quem queria fazer “aeróbica”, o show foi excelente.
Seguiu pelo mesmo estilo coreográfico a apresentação de Katy Perry, cantora americana de “pop” e “dance”. Muita produção de palco, mas pouca qualidade de voz, sempre apoiada por “back vocal”.
Veio, então, a atração internacional do rock, para esse dia. Tratava-se de Elton John, um dos mais premiados músicos do rock internacional. Mas, para uma plateia de “micareta” ou de “dance” o show não seria interessante. Não culpamos o publico, pois não devem ter conhecimento sobre o assunto, mas culpamos a “organização” do evento que, por mais uma edição, se mostrou incapaz de dividir e agrupar os diversos estilos em dias diferentes de shows. Mas, para quem procurava rock, teve, pelo menos, a satisfação de ver esse grande ídolo. Vejam no vídeo abaixo a apatia e o desconhecimento da plateia diante de um dos maiores sucessos do rock internacional.
E, finalizando com chave de ouro, para o gosto da plateia presente, tivemos Rihanna, que, além de cantora, é compositora, co-produtora, dançarina, modelo, designer de moda, autora e atriz, tendo feito ainda a sua própria marca de guarda-chuvas, Rihanna Umbrellas, após o lançamento do single "Umbrella". Seus gêneros musicais são : R&B; Reggae; Dance hall; Hip-hop; e Pop. Um grande número de estilos musicais, faltando, apenas, o rock.
Bem, assim foi o primeiro dia do “Rock In Rio de 2011”, esse nosso famoso festival de música

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Rock no Rock In Rio de 1985

Não se pode dizer que não teve rock no festival Rock In Rio de 1985.

Até que teve  bastante, muito mais do que nas recentes edições.

Os Paralamas do SucessoE para relembrar um dos momentos em que o rock brasileiro se mostrou presente, de forma marcante, postamos o vídeo da apresentação em que Os Paralamas do Sucesso interpretam “Óculos”, composição de Herbert Vianna.

A banda “Os Paralamas do Sucesso” foi formada no final dos anos 70 e seus integrantes, desde 1982, são: Herbert Vianna (guitarra e vocal), Bi Ribeiro (baixo) e João Barone (bateria).

O show dos Paralamas foi considerado o melhor show do Rock In Rio de 1985, entre as bandas nacionais.

Para ver a letra da música, clique aqui.

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

Foto:

  • através da internet (Os Paralamas do Sucesso)

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Profissionalismo no The Point Carioca

Joao BoscoVerdadeiramente a música brasileira é rica em quantidade e qualidade de compositores e interpretes. Uma prova disso é a qualidade desses dois grandes compositores, Joao Bosco e Aldir Blanc, que celebraram em 2010 uma parceria de 40 anos.Aldir Blanc

São inúmeros sucessos gravados por diversos interpretes.

Escolhemos a música “Profissionalismo é isso aí”, composta em 1980, que vem sendo bastante executada nos atuais movimentos de protesto contra a corrupção.

Pedro MarianoUm dos grandes interpretes que gravaram a música é Pedro Mariano, filho da saudosa Elis Regina com o pianista Cesar Camargo Mariano.

O vídeo abaixo mostra Pedro Mariano interpretando a música no Show de Comemoração dos 40 Anos de Parceria da Joao Bosco / Aldir Blanc, que aconteceu em 17 de setembro de 2010 no CCBB de Brasília.

Na gravação original da música, no LP de Joao Bosco, existe uma frase que parece ter sido feita para os dias  de hoje, apesar de escrita há 30 anos: “Ri melhor quem ri impune...”. Infelizmente isso ainda acontece.

Joao Bosco, Aldir Blanc e Pedro Mariano são sucessos que não podem faltar no The Point Carioca. Como também não podem faltar: Elis Regina; Cesar Camargo Mariano; Maria Rita;… e muitos outros talentos nacionais.

Para ver a letra da música clique aqui e repare a última frase.

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

Caricaturas:

  • Paulo Fernando (Joao Bosco)
  • Baptistao (Aldir Blanc)

Imagens:

  • através da internet (Pedro Mariano)

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Vida de Gado

Nesse 20 de setembro de 2011, marcado pelo evento "Todos Juntos Contra a Corrupção", na Cinelândia – Rio de Janeiro, iniciado na internet através das redes sociais, vale a pena relembrar e refletir um pouco sobre a música de Zé Ramalho.

Ze RamalhoZé Ramalho, primo de Elba Ramalho, que foi casado com Amelinha (essa nossa MPB é verdadeiramente uma grande família), compôs e gravou, em 1979, “Admirável Gado Novo” e cita nessa música, de forma subjetiva, várias ideias contidas no livro Admirável Mundo Novo, a obra mais famosa do escritor britânico Aldous Huxley.

Infelizmente, passados mais de trinta anos, a música parece ainda retratar a situação atual de nosso país..

Vejam o vídeo abaixo, parte do DVD “Zé Ramalho – Ao Vivo” a interpretação da música.

Zé Ramalho também é sucesso no The Point Carioca.

Para ver a letra da música, clique, aqui.

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br
  • Dicionário Cravo Albin da MPB

Caricatura:

  • Estacinho

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

A Classe Média no The Point Carioca

Ainda sobre o assunto “Festivais”, já na reta final para início de mais um Rock In Rio (que poderia ter seu nome alterado para Pop In Rio), vale a pena recordar os áureos tempos dos Festivais.

Clube Caiubi - Ze RodrixCriados na década de 60, os Festivais serviriam para “revelar” novos autores e talentos. Mas nem sempre isso aconteceu, pois, na grande maioria, os concorrentes classificados eram conhecidos e famosos. Entretanto, isso não desqualifica a importância desses eventos. Haviam, também, os Festivais Estudantis que, esses sim, lançavam novos músicos.

Mas, volta e meia, aparece alguma entidade “patrocinadora” ou alguma rede de TV que volta a promover esse tipo de atração.

Foi o caso da TV Cultura que, no ano de 2005, lançou o “Festival Cultura – A Nova Música do Brasil”, idealizado pelo compositor Gutemberg Guarabyra e organizado por Solano Ribeiro.

A grande maioria das músicas de festivais não vai de encontro ao “agrado” das emissoras de rádio e dificilmente são tocadas. É uma pena, pois grandes talentos e grandes músicas acabam não sendo conhecidas pelo grande público.

Max GonzagaUm exemplo disso é a música “Classe Média”, de Max Gonzaga, que chegou às semifinais do Festival Cultura - A Nova Música do Brasil. Max é um dos fundadores do clube Caiubi de Compositores, que se propõe a valorizar a música autoral daqueles compositores que estão fora da grande mídia e do mercado fonográfico. Entre seus integrantes, o clube conta com Zé Rodrix e Tavito.

A música, que apresenta uma visão crítica e sarcástica da classe média brasileira tornou-se um dos vídeo mais vistos no site YouTube, em 2006. Vejam o vídeo da apresentação de Max e Banda Marginal, com  a participação de Zé Rodrix nos teclados.

O saudoso Zé Rodrix, criador de muitos “rock-rurais”, foi um grande participante em vários festivais.

Esperamos que apareçam novos Festivais e novos talentos na MPB, enquanto isso, se as rádios não tocam, a “Classe Média” vai tocando e fazendo sucesso no The Point Carioca.

Para ver a letra da música, clique aqui.

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br
  • Dicionário Cravo Albin da MPB

Caricatura e Foto:

  • através da internet

domingo, 18 de setembro de 2011

Temas de sucessos

Roupa NovaJá que ontem falamos sobre o tema musical da Seleção Brasileira de 1994, e tendo a proximidade do festival Rock In Rio, que volta a ser realizado no Rio de Janeiro no final deste mês, vamos relembrar o tema que marcou esse Festival desde a sua primeira edição, em 1985.

Composto pelo maestro Eduardo Souto Neto e gravado pela banda “Roupa Nova", o tema é usado até hoje nas edições do Festival.

Ouçam a gravação completa no vídeo abaixo:

Ayrton SennaOutro tema musical famoso, composto pelo maestro Eduardo Souto Maior e também gravado pelo Roupa Nova foi o “Tema da Vitoria”.

Criado para celebrar as classificações dos pilotos brasileiros nas corridas de Fórmula I,  acabou se popularizando pelas vitorias do saudoso Ayrton Senna.

Vejam, no vídeo abaixo, parte do DVD do Show do Roupa Nova, em que a banda interpreta o “Tema da Vitoria” junto com orquestra regida por Eduardo Souto Maior.

Roupa Nova é sempre sucesso no The Point Carioca.

Para ver a letra do tema “Rock in Rio”, clique aqui.

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br
  • Dicionário Cravo Albin da MPB

Foto:

  • pela internet (Roupa Nova em Londres)

Caricatura:

  • Giovanni Barbosa (Ayrton Senna)

sábado, 17 de setembro de 2011

1000 Dias Para a Copa do Mundo no Brasil

Nessa sexta-feira chegamos a contagem regressiva de 1000 dias para a Copa do Mundo de 2014, a ser realizada no Brasil.

Torcemos para que tudo dê certo, apesar de que ainda precisamos preparar aeroportos, infraestrutura de transportes, hotelaria e, principalmente “UMA SELECAO”.

Brasil PentacampeaoMas, como dizem, as coisas serão feitas e os prazos cumpridos.

Instalamos, a partir de hoje, em nosso Blog um contador de dias e horas que restam para o inicio da Copa 2014. A data e hora estão com base no horário de Brasília. Veja na coluna ao lado.

Procuramos na internet, especialmente no YouTube, um vídeo com o tema musical “oficial” da Copa 2014, mas, o que encontramos, trata-se de um “samba” com jeito de “salsa” e letra em espanhol. Acreditamos que, ao longo desses 1000 dias que ainda restam, alguma coisa genuinamente brasileira será feita.

Enquanto isso, postamos o vídeo da música oficial da Copa de 1994, pois desde então nenhum outro tema foi composto. Assistam :

Trata-se de “Coração Verde e Amarelo”, composição de Tavito e Aldir Blanc, gravação da Aerobanda.

O The Point Carioca torce para que a Copa 2014 seja um sucesso, com um novo tema musical, novos estádios, novos aeroportos, melhorias nos transportes e, claro, com uma seleção que nos traga o “Hexa”.

Para ver a letra da música, clique aqui.

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

Caricatura:

  • Mario Alberto (Brasil Pentacampeão) – Revista Lance

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

E no Rock In Rio – 1985 – Quarto Dia…

Continuando o famoso festival de rock (rock ???) de 1985, o Rock In Rio teve no seu quarto dia, 14/01/1985, as seguintes atrações: Moraes Moreira, Alceu Valença, George Benson, e James Taylor.

Moraes MoreiraDe rock mesmo, só houve o show de James Taylor que fechou a noite com uma apresentação de emocionar o público.

Mas, mesmo não se tratando de rock, a apresentação que empolgou inicialmente a plateia foi a de Moraes Moreira que, com vários sucessos em ritmo carnavalesco, levantou o publico.

Além da majestosa participação de Armandinho, como sempre dando um show de guitarra..

Vejam o vídeo com parte da apresentação de Moraes Moreira nesse dia.

O medley apresentado foi com as músicas “Festa do Interior” (Composição: Moraes Moreira/ Abel Silva) e  “Pombo Correio” (Composição: Dodô / Osmar / Moraes Moreira).

ArmandinhoBem, não se pode chamar essa apresentação de um “show de rock”, mas, sem dúvida, foi um senhor show.

Aliás, Moraes Moreira é sempre sucesso garantido no The Point Carioca.

Assim como todo o grupo dos Novos Baianos e o grande guitarrista Armandinho.

Para ver a letra de “Festa do Interior”, clique aqui.

Para ver a letra de “Pombo Correio”, clique aqui.

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

Caricaturas:

  • Nei Lima (Moraes Moreira)
  • Roberto Tadeu (Armandinho)

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Aviso para quem vai ao Rock In Rio

 

Postado em 13/09/2011 no Blog do Rock In Rio:

Proibido Fotografar…“Uma das maiores dúvidas é sobre máquinas fotográficas. Fique tranquilo: você pode levar sua máquina simples e seu celular para registrar os melhores momentos da sua experiência no festival e compartilhar com os amigos! Apenas as máquinas fotográficas profissionais, aquelas nas quais é possível trocar as lentes (conhecidas como SLR ou D-SLR), e filmadoras de qualquer tipo não serão permitidas.” …

Não corra o risco de levar seus equipamentos e ter problemas na entrada do festival.

Nós, do The Point Carioca achamos uma pena não poder fotografar “com qualidade”, ou filmar, os momentos do show.

Mas, enfim…

Relembrando Rock In Rio – 1985 – O Terceiro Dia

Para quem tem menos de 35 anos fica difícil imaginar o que aconteceu em janeiro de 1985.

Um festival de rock (ou de música popular, como preferirem) com mais de dez atrações internacionais de peso ?

Isso era um sonho, esse tipo de coisa a gente ficava sabendo que acontecia na Europa ou nos Estados Unidos, mas não no Brasil...

Lulu SantosSó dava pra acreditar vendo…

Mas, aconteceu, e foi sucesso.durante os seus 10 dias de realização.

É bem verdade que os organizadores não conseguiram combinar as atrações certas umas com as outras, para se apresentarem em um mesmo dia, mas, enfim, o festival rolou.

Na programação daquele ano, no seu terceiro dia (13/01/1985), se apresentaram : Paralamas do Sucesso; Lulu Santos; Blitz; Nina Hagen; Go Go's; e Rod Stewart.

Um dia tranquilo no Rock In Rio, música pop e new wave com bons shows de Paralamas, Lulu e Blitz, na parte nacional.

Confira, no vídeo abaixo, parte da apresentação de Lulu Santos nesse dia.

Nelson Motta“Como Uma Onda” é de autoria de Lulu Santos e Nelson Motta.

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube

Caricaturas:

  • .Gabriel Correa (Lulu Santos)

Fotos:

  • através da internet (Nelson Motta)

sábado, 10 de setembro de 2011

Independência e Liberdade !!!

Nessa semana de setembro em que se comemora a Independência do Brasil, nada melhor do que recordar um sucesso que o grande sambista, cantor e compositor Paulinho da Viola e a atriz e cantora Zezé Motta interpretam no vídeo abaixo.

PAULINHO DA VIOLA

ZEZE MOTTA

 

 

 

 

 

 

 

Trata-se de “Senhora Liberdade”, composição de Wilson Moreira e Nei Lopes.

Outro samba famoso, sobre o mesmo tema, é o samba enredo da Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense, do ano de 1989 (autores: Niltinho tristeza, Preto Jóia, Vicentinho e Jurandir), intitulado “Liberdade, Liberdade Abre as Asas Sobre Nós”.

No vídeo abaixo você vai ver Preto Jóia interpretando esse samba junto com um grupo de mulatas passistas da Imperatriz.

Mas não é só no Brasil que se comemora a nossa Independência, em varias cidades ao redor do mundo também existe o “Brazilian Day”, que reúne os brasileiros emigrantes para celebrarem e mostrar, cada vez mais, o nosso jeito de viver.

Futuramente colocaremos posts sobre o “Brazilian Day”.

Para ver a letra da música “Senhora Liberdade”, clique aqui.

Para ver a letra de “Liberdade, Liberdade Abre as Asas Sobre Nós”, clique aqui.

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

Caricaturas:

  • Xavier (Paulinho da Viola)
  • Alan Souto Maior (Zezé Motta)

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Agosto/Setembro –Tempo de Festivais

Além do Rock In Rio que vai acontecer neste mês de setembro, agosto também teve seu festival.

Trata-se do Back 2 Black, que aconteceu na Estação Leopoldina, no Rio de Janeiro, no finalzinho do mês.Jorge Ben Jor

Homônimo do titulo de um álbum de Amy Winehouse (“Back To Black”), que tornou-se o álbum mais vendido no Reino Unido do século XXI, o festival teve neste ano de 2011 a sua terceira edição.

O Festival Back 2 Black é um pioneiro na valorização da cultura negra mundial no Brasil. O evento tem palco de concertos, debates, exposições e intervenções artísticas, divididas em quatro espaços diferentes, com mais de 20 atrações musicais, nacionais e internacionais.

Caetano Veloso

Um fato que aconteceu pouco antes da abertura do Festival foi o cancelamento da apresentação do cantor americano Prince.

Para substituir e completar a agenda de numero de apresentações musicais, foi convidado o cantor/compositor brasileiro Jorge Ben Jor.

Durante a apresentação de Jorge, se encontrava na plateia o cantor e compositor Caetano Veloso, que foi convidado (intimado) por Jorge para que subisse ao palco.

O resultado desse encontro você pode ver no vídeo abaixo.

"Ive Brussel" é uma canção escrita por Jorge Ben Jor em parceria com Caetano Veloso e originalmente interpretada por Jorge Ben Jor.

Jorge Ben - Capa do LP Salve SimpatiaDe acordo com o cantor, Ive Brussel é o nome de uma fã belga por quem ele se apaixonou em uma de suas viagens.

Lançada em 1979, "Ive Brussel" integrou o álbum Salve Simpatia e contava com a participação especial de Caetano Veloso.

Vale a pena recordar a gravação do programa Fantástico da TV Globo, de 1980, onde Jorge e Caetano interpretam a música.

DVD - Acustico MTV - Jorge Ben JorPara ver a letra da música, clique aqui. Através deste link você vai poder ver Jorge Ben Jor e a banda Admiral Jorge V interpretando a música no DVD especial “Acústico MTV”.

Fontes:

  • Wikipédia;
  • YouTube;
  • Letras.terra.com.br

Caricaturas:

  • Jolba (Jorge Ben Jor)
  • MiloWedge (Caetano Veloso)

sábado, 3 de setembro de 2011

O Rock “Psicodélico” Brasileiro

Ainda envolvido no espirito do Rock N’Roll que toma conta do Rio de Janeiro neste mês de setembro, temos de fazer referencia ao famoso e saudoso grupo Os Mutantes.

Os MutantesOs Mutantes foi (ou ainda é, devido a novas formações) uma banda brasileira de rock psicodélico formada durante o Tropicalismo no ano de 1966, em São Paulo, por Arnaldo Baptista (baixo, teclado, vocais), Rita Lee (vocais) e Sérgio Dias (guitarra, baixo, vocais). Também participaram do grupo Liminha (baixista) e Dinho Leme (bateria).

A banda é considerada um dos principais grupos do rock brasileiro. Foram os pioneiros na mescla do rock and roll com elementos musicais e temáticos brasileiros. Outra característica do grupo era a irreverência. Se antes dos Mutantes, o gênero no Brasil era basicamente imitativo, a partir do pioneirismo de Arnaldo, Sérgio e Rita, abriu-se o caminho do hibridismo.

Em 1969, os Mutantes excursionaram pela França, onde tocaram no célebre Mercado Internacional de Discos e Editores Musicais (Midem), na cidade de Cannes, e no tradicional Olympia, em Paris.

Vejam o vídeo com Os Mutantes em uma apresentação na TV francesa.

Em 1970, o grupo retorna à França para realizar algumas apresentações. À convite do produtor Carl Holmes, aproveitaram para gravar algumas canções no estúdio Des Dames, com a intenção de lançar um álbum principalmente em inglês para atrair público internacional. Tecnicolor - Os MutantesMas a Polydor (gravadora) desistiria do projeto mesmo com um álbum inteiro já gravado. Somente em 1999, o disco seria lançado, chamado Tecnicolor. O álbum é cantado em inglês, francês, espanhol e português. Todas as músicas receberam uma nova roupagem. A ilustração e a caligrafia do projeto gráfico do álbum é de autoria de Sean Lennon (filho de John Lennon e Yoko Ono), que se tornou amigo de Arnaldo Baptista.

No vídeo abaixo vocês podem ver Sean.junto com Arnaldo, interpretando “Panis et Circenses* no Free Jazz Festival, realizado no Rio de Janeiro em outubro de 2000.

Tropicalia ou Panis et Circencis“Panis et Circenses”  (canção composta por Caetano Veloso e Gilberto Gil especialmente para os Mutantes), era a faixa-título do LP Tropicália: ou Panis et Circenses, disco-manifesto do movimento tropicalista.

Também fez parte da lista de músicas do álbum “Os Mutantes”, primeiro álbum do grupo, gravado em 1968.

Capa do Album - Os MutantesEm fevereiro de 2005 a revista britânica Mojo incluiu o álbum Os Mutantes em sua lista de "50 Most Out There Albums of All Time" (algo como os "50 Discos Mais Experimentais de Todos os Tempos"). Eles obtiveram a 12ª posição na lista, à frente de nomes como Beatles, Pink Floyd e Frank Zappa. Ainda em 2005, a também britânica Q Magazine igualmente colocou o álbum em 12º lugar, em sua lista dos "40 greatest psychedelic albums of all time" ("Os 40 maiores discos psicodélicos de todos os tempos).

Esse e outros sucessos de Os Mutantes são presenças garantidas no The Point Carioca.

Para ver a letra da música em inglês, onde você pode ouvir a interpretação de Os Mutantes, clique aqui.

Para ver a letra da música em português, onde você pode ouvir a gravação original de Os Mutantes, clique aqui.

Fontes :

  • Wikipédia;
  • YouTube; e
  • Letras.terra.com.br

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Setembro - Tempo de Rock In Rio…

No final deste mês de setembro teremos na cidade do Rio de Janeiro o famoso "Rock in Rio".Ney Matogrosso

Pelo titulo do evento, quem desconhece pensa que se trata de um Festival de Rock, daqueles inspirados no precursor Woodstock, mas nada, o “Rock in Rio” trata-se de um festival de música tendo vários estilos, entre eles: Pop ; Axé; Frevo; Forró; Funk; Sertanejo; e, inclusive, Rock.

Ainda pelo titulo, “Rock in Rio” também não representa dizer que o festival sempre foi realizado no Rio de Janeiro. Das 9 edições que teve, somente 3 foram no Rio de Janeiro, no bairro de Jacarepaguá, em uma área denominada “Cidade do Rock”. As outras 6 edições foram realizadas na Europa, embora mantendo o titulo de “Rock in Rio”.

Já para esta 4ª edição a área da “Cidade do Rock” virou "o “Parque dos Atletas”, urbanizado e construído pela Prefeitura, para ser utilizado nas Olimpíadas de 2016 mas, até lá, vai ser utilizado para shows musicais. Já existe programação para o mesmo festival, nessa mesma área, para os anos de 2013 e 2015.

O primeiro “Rock in Rio” foi no ano de 1985. Vários cantores e grupos brasileiros e estrangeiros fizeram o sucesso do festival.

Para quem não assistiu na época, o vídeo abaixo mostra o show de abertura do primeiro dia desse festival. O primeiro artista a se apresentar e enfrentar um publico enorme foi o grande Ney Matogrosso, ex-integrante do grupo “Secos e Molhados”.

Veja Ney Matogrosso interpretando “América do Sul”, de sua autoria.

Ney também é coreógrafo, iluminador e dançarino, atuando como diretor geral de seus espetáculos musicais.

A escolha de Ney para a abertura do festival foi mais do que merecida.

Para ver a letra da música, clique aqui,

Fontes

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letra.terra.com.br

Caricatura

  • Baptistão