terça-feira, 31 de janeiro de 2012

História da Música : Temas de Novelas (1)

Muitos temas de novelas brasileiras, em sua trilha sonora internacional, leva o expectador a interpretar erradamente o sentido da canção.

Alguns temas, atribuídos a momentos e casais românticos, não caberiam nas cenas, se a música fosse em português.

The HolliesÉ o caso de “He Ain't Heavy, He's My Brother”, gravado pela banda britânica The Hollies, tema da telenovela “74.5 - Uma Onda no Ar”, produzida e exibida pela extinta Rede Manchete, em 1994.

Essa é uma música da  época de juventude dos anos 60, mas sempre será atual.

Foi composta por Bobby Scott e Bob Russell, originalmente gravada por Kelly Gordon, em 1969, e, posteriormente, virou sucesso na gravação dos The Hollies, tendo Elton John ao piano na sua apresentação inicial.

É sobre a entidade "Missão dos Órfãos", em Washington, DC.  Foi lá que ficou eternizada a música.

A história conta que certa noite, em uma forte nevasca, na sede da entidade, um padre plantonista ouviu alguém bater na porta. Ao abri-la deparou com um menino coberto de neve, com poucas roupas, trazendo em suas costas, outro menino mais novo. A fome estampada no rosto, o frio e a miséria dos dois comoveram o padre.
O sacerdote mandou-os entrar e exclamou:
- Ele deve ser muito pesado.
O que carregava disse:
- Ele não pesa, ele é meu irmão (He ain't heavy, he is my brother)
Eles não eram irmãos de sangue realmente. Eram irmãos da rua. O autor da música soube do caso e se inspirou para compô-la, e da frase fez o refrão.
Os dois meninos foram adotados pela instituição.Essa história é inspiradora nestes dias de falta de solidariedade, de violência e de egoísmo.

Agora veja o vídeo e acompanhe a letra traduzida no link abaixo:

Letra da Música:

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

Agradecimento:

  • ao Amigo Luiz Renato P Cavalcante pelo e-mail enviado falando a respeito da música.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Wando – O Brega-Romântico Brasileiro

Wanderley Alves dos Reis, o Wando (Cajuri - MG, 2 de outubro de 1945) é um cantor brega-romântico brasileiro. O apelido Wando foi dado por sua avó.

WandoAinda pequeno mudou-se de Cajuri para Juiz de Fora (MG), onde formou-se em violão erudito e começou a lidar com música por volta dos 20 anos. Nessa época já participava de conjuntos e se apresentava em bailes na região. Mais tarde muda-se para Volta Redonda (RJ), onde trabalhou como motorista de caminhão e feirante.

Sua carreira de cantor iniciou-se em 1969 e o sucesso veio em 1973. Seu maior sucesso é “Fogo e Paixão”, lançado no álbum “O Mundo Romântico de Wando”, de 1988.

Antes disso, lançada em agosto de 1975 no segundo álbum de Wando, sem título, a música “Moça” teve repercussão pela sua inclusão na primeira versão da novela "Pecado Capital", da TV Globo, de Janete Clair.

"Moça" virou um clássico, e foi gravada até mesmo por Nélson Gonçalves.

Veja a o clipe com a interpretação de Caetano Veloso.

Agora, gravada em 1979, “Coração Bandido”, uma continuação do sucesso “Moça”.

Vejam o clipe do programa Fantástico, da época.

Na última sexta-feira (27/01/2012) Wando foi internado  com problemas cardíacos graves e submetido a uma angioplastia coronariana para desobstrução das artérias do coração.

Nós do The Point Carioca estamos torcendo para que Wando se recupere da cirurgia pela qual  passou.

 

Letras das Músicas:

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

domingo, 29 de janeiro de 2012

O Som de “A Cor do Som”

A Cor do SomO “A Cor do Som surgiu em 1977, experimentando novos padrões de som, valendo-se das experiências anteriores dos Novos Baianos, Moraes Moreira e de Pepeu Gomes, sendo um movimento pós-tropicalista.

Em seu primeiro disco "A Cor do Som" (WEA 1977), tinha como integrantes Dadi, baixo, Mú Carvalho, composição e teclados, Armandinho, composição e guitarra baiana e Gustavo Schroeter, bateria. A partir do segundo disco "Live In Montreux", Ary Dias, percussão passa a fazer parte da banda,

Misturando rock, ritmos regionais e música clássica, adotaram o nome "A Cor do Som" por sugestão de Caetano Veloso.

Vejam o vídeo do grupo interpretando “Beleza Pura”, de Caetano Veloso, sucesso de 1979, do álbum “Frutificar”, terceiro disco da banda.

Agora, neste vídeo, o “A Cor do Som” canta um de seus maiores sucessos, "Zanzibar" (de Armandinho e Fausto Nilo), em clipe especial para o programa da TV Globo, Fantástico de 1981.

O grupo foi dissolvido em 1987, tendo tido posteriormente dois retornos: o primeiro em 1997 e o segundo em 2005, estando ainda em atividade.

Vejam uma parte desse reencontro acontecido no Canecão, casa de shows no Rio de Janeiro, com o grupo interpretando “Noites Cariocas”, de Jacob do Bandolim.

E, por hoje, outra parte desse mesmo show de 2005 com a interpretação de “Zanzibar”, com um novo arranjo.

O espetáculo, gravado ao vivo, gerou o CD e DVD "A Cor do Som Acústico", lançado no mesmo ano com produção musical de Sérgio de Carvalho.

Em 2006, foi contemplado com o prêmio Tim de Melhor Grupo, na categoria Canção Popular, pelo CD "A Cor do Som Acústico".

 

Letras das Músicas:

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

História da Música : Flor de Lis

Muitos já devem ter visto essa história na internet. Fala da história da música “Flor de Lis”, grande sucesso composto por Djavan.

Mas, para quem desconhece, transcrevemos a seguir:

Djavan“Djavan teve uma mulher chamada Maria, os dois teriam uma filha que se chamaria Margarida, mas sua mulher teve um problema na hora do parto e ele teria que optar por sua mulher ou por sua filha... Ele pediu ao médico que fizesse tudo que pudesse para salvar as duas, mas o destino foi duro e a mulher e a filha faleceram no parto…Agora é possível 'sentir' a letra da música. Conhecendo esta breve história passamos a ouvir a música sob novo contexto, entendendo como a dor pode ser transformada em poema e arte.”

Flor de Lis” Valei-me, Deus! / É o fim do nosso amor / Perdoa, por favor /  eu sei que o erro aconteceu. / Mas não sei o que fez, / tudo mudar de vez. / Onde foi que eu errei? / Eu só sei que amei, / que amei, que amei, que amei. / Será talvez / que a minha ilusão, / foi dar meu coração, / com toda força, / pra essa moça me fazer feliz, / e o destino não quis, / me ver como raiz / de uma flor de Lis. / E foi assim que eu vi / nosso amor na poeira, poeira. / Morto na beleza fria de Maria. / E o meu jardim da vida / ressecou, morreu. / Do pé que brotou Maria, / nem Margarida nasceu. / E o meu jardim da vida / ressecou, morreu. / Do pé que brotou Maria, / nem Margarida nasceu.../

Veja o vídeo com Djavan interpretando a música:

Agora a verdade, como consta no site oficial de Djavan:

Sobre Flor de Lis

"Existe uma explicação na internet completamente falsa". Djavan foi categórico quando questionado sobre a origem da canção "Flor de Lis" na gravação do programa de rádio Palco MPB. A música é um clássico do cantor, presente em seu primeiro cd "A Voz, O Violão" lançado em 1976.

Ou seja, a história que circula pela net não passa de uma grande mentira.

Fontes:

Brasileiros Cantando Beatles : Caetano, Gil e Milton.

Brasileiros Cantando BeatlesTrês momentos desses grandes músicos brasileiros cantando sucessos dos The Beatles.

Como aconteceu em diversas partes do mundo, os The Beatles influenciaram muitos compositores e cantores.

As músicas dos “4 Fabulosos” fizeram parte da vida de muitos artistas e, quase 50 anos depois, ainda fazem sucesso entre as gerações mais atuais.

Neste post iremos mostrar 3 grandes compositores e interpretes brasileiros cantando, cada qual de sua maneira original, os sucessos de John Lennon e Paul McCartney.

Os vídeos, infelizmente, não mostram imagens dos artistas cantando as músicas, mas vocês vão poder ouvir as belas interpretações.

Primeiro, Caetano Veloso, interpretando “For No One” :

Agora, Milton Nascimento cantando “Norwegian Wood” , com sua inconfundível interpretação :

E, finalmente por hoje, Gilberto Gil cantando “Sgt Pepper's Lonely Hearts Club Band” :

Esperamos que vocês gostem.

The Point Carioca.

Letras das Músicas:

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

História da Música: O Mundo é um Moinho

“Cartola fez esta música quando soube que sua filha era prostituta”.

CartolaAngenor de Oliveira, mais conhecido como Cartola, (Rio de Janeiro, 11 de outubro de 1908 — Rio de Janeiro, 30 de novembro de 1980) foi um cantor, compositor e violonista brasileiro.

Considerado por diversos músicos e críticos como o maior sambista da história da música brasileira.

“O Mundo é um Moinho” é uma canção composta por Cartola e gravada por ele em 1976, tendo sido gravada anos depois por Cazuza e outros grandes intérpretes da MPB.

Veja o vídeo e acompanhe a letra, com Ney Matogrosso interpretando este sucesso :

Agora, a verdadeira história:

“Reza a lenda que Cartola escreveu a música para sua filha, numa das noites em que passou em claro após descobrir que esta se prostituia.”

“Não passa de lenda, já que Cartola era estéril e jamais teve filhos.”

Letra da Música :

  • O Mundo é um Moinho

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

Uma Homenagem a SAMPA

Sao PauloOntem, 25 de janeiro, comemorou-se o 458º Aniversário da Cidade de São Paulo.

Para comemorar este dia, postamos o vídeo em que Caetano Veloso interpreta “Sampa”, de sua autoria, no show “Circo” de Rita Lee.

Parabéns a Cidade de São Paulo !!!

The Point Carioca.

Letra da Música:

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

História da Música : “Gostava Tanto De Você”

Iniciamos hoje uma série de posts tratando de Histórias de Músicas.

Não trataremos apenas de músicas brasileiras, iremos falar, também, de algumas músicas internacionais que foram sucesso no Brasil e marcaram momentos de uma geração.

Vamos começar pelo grande sucesso que ficou famoso na gravação de Tim Maia.

Tim Maia - 1973Circula pela internet a informação de que o autor de “Gostava tanto de você”, Édson Trindade, não escreveu esta música por causa de uma namorada que o tinha abandonado, mas sim, para a filha dele que havia falecido em um acidente.

Todavia, não há informação concreta de que o compositor Edson Trindade, falecido em 05/02/1993, tivesse perdido alguma filha, ao contrário de Tim Maia (Sebastião Rodrigues Maia), que perdeu uma filha quando esta tinha 15 anos, num acidente de carro.

Embora só viesse a ser gravada em 1973, no LP "Tim Maia", “Gostava Tanto de Você” é do final dos anos 50. A música fez muito sucesso já naquele ano.

O compositor Edson Trindade era amigo de Tim Maia desde 1957 quando participaram juntos do conjunto de rock "Os sputnicks" e, em 1958, do conjunto "The snakes", junto com Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Arlênio Gomes.

Logo, a história de que a letra da música homenageia a filha falecida do autor pode ser mais uma das muitas lendas que circulam na rede de computadores. A única hipótese possível é de que Trindade, que figura como único autor, tenha composto letra e música especialmente para homenagear a filha do amigo cantor.

Veja o vídeo em que Tim Maia interpreta a música no Programa Ensaio, da TV Cultura, em 1992.

Agora, leia a letra da música pensando no seu verdadeiro significado.

GOSTAVA TANTO DE VOCÊ

Não sei por que você se foi

Quantas saudades eu senti

E de tristezas vou viver

E aquele adeus não pude dar

Você marcou na minha vida

Viveu morreu na minha história

Chego a ter medo do futuro

E da solidão que em minha porta bate

E eu gostava tanto de você...

Gostava tanto de você...

Eu corro, fujo desta sombra

Em sonho vejo este passado

E na parede do meu quarto

Ainda está o seu retrato

Não quero ver para não lembrar

Pensei até em me mudar

Lugar qualquer que não exista

O pensamento em você

E eu gostava tanto de você...

Gostava tanto de você...

 

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
Se você conhece alguma história de música, cadastre-se como seguidor de nosso site e envie para nosso e-mail.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Rita Lee se despede dos shows

Rita LeeNesta semana, no Rio de Janeiro, Rita Lee (São Paulo, 31 de dezembro de 1947), cantora, compositora, atriz e instrumentista brasileira de grande renome no rock nacional, denominada a “Rainha do Rock Brasileiro”, declarou que se “aposentará” dos palcos, não fazendo mais shows ao vivo.

"Aposento-me de shows, da música nunca", escreveu a cantora em seu perfil no microblog.  

Em seus 45 anos de carreira, Rita Lee gravou vários sucessos que emplacaram nas rádios e tocam até hoje.

Vamos relembrar Rita em dueto com outros grandes nomes da MPB.

Primeiro com João Gilberto, cantando “Jou Jou Balangandans”, de Lamartine Babo:

Agora com Elis Regina, interpretando “Doce de Pimenta”, composição de Rita Lee e Roberto de Carvalho.

Em um momento do especial Chico&Caetano, em 1986, ao lado de Maria Bethânia, cantando “Baila Comigo”, outra composição de Rita Lee com Roberto de Carvalho.

E, por hoje, com Marisa Monte, interpretando “Mamãe Natureza”, de sua autoria.

Rita Lee é sempre sucesso no The Point Carioca.

 

Letras das Músicas:

Fontes:

domingo, 22 de janeiro de 2012

Benvindo Uruguai

UruguaiAgora são 36 países que acessaram nosso blog.

Alguém, do Uruguai, acessou nosso post “Por onde anda Belchior?”.

Não sabemos quem foi.

Quem sabe pode ter sido ele mesmo?

Seja quem for, seja benvindo.

Tom Jobim fez música para Luiza antes de ela ir para o Canadá…

Tom JobimLógico que trata-se de uma brincadeira, mas não poderíamos deixar de aproveitar esse momento “viral” da internet para divulgar essa outra obra do grande Tom Jobim.

A música em referencia chama-se “Luiza”, de autoria de Tom, tema de abertura da novela “Brilhante”, exibida em 1982 pela TV Globo.

Vera FischerO tema da abertura, com o nome da protagonista da novela, cantado por Tom Jobim, foi composto especialmente para a Vera Fischer,de acordo com declarações da própria atriz quando do falecimento do compositor . Isso gerou um grande descontentamento da parte do compositor, já que a atriz Vera Fischer apareceu na telenovela com os cabelos curtos e escuros, e a música fazia menção ao "raio de sol dos teus cabelos".

Vejam o vídeo de Tom interpretando a canção:

Reparem, na letra da música, que em um dos versos, Tom cita que fez a música para “esquecer Luiza”, e é isso que vamos fazer.

Lembrar sempre de Tom Jobim, mas esquecer do “vírus” Luiza.

Letra da Música:

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Padroeiro do Rio de Janeiro

20 de Janeiro comemora-se o Dia de São Sebastião, padroeiro da Cidade do Rio de Janeiro, apesar de muitos confundirem com o aniversário da cidade.

Praia Vermelha - Rio de JaneiroA Baia da Guanabara foi descoberta pelo explorador português Gaspar de Lemos em 1º de janeiro de 1502. Embora se afirme que o nome Rio de Janeiro tenha sido escolhido em virtude de os portugueses acreditarem tratar-se a baía da foz de um rio, na verdade, à época, não havia qualquer distinção de nomenclatura entre rios, sacos e baías - motivo pelo qual foi o corpo d'água corretamente designado como rio.

Em 1 de novembro de 1555, os franceses, capitaneados por Nicolas Durand de Villegagnon, apossaram-se da baía da Guanabara, estabelecendo uma colônia na ilha de Sergipe (atual ilha de Villegagnon).

Catedral Sao Sebastiao - Rio de JaneiroPersistindo a presença francesa na região, os portugueses, sob o comando de Estácio de Sá, desembarcaram num istmo entre o morro Cara de Cão e o Pão de Açúcar, fundando, a 1 de março de 1565, a Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Uma vez conquistado o território, em uma pequena praia protegida pelo Pão de Açúcar edificaram uma fortificação de faxina e terra, o embrião da Fortaleza de São João.

Foi a capital do Brasil de 1763 a 1960, quando o governo transferiu-se para Brasília. Atualmente é a segunda maior cidade do país, depois de São Paulo. Entre 1808 e 1815, foi capital do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, como era oficialmente designado Portugal na época. Entre 1815 e abril de 1821, sediou o Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, após elevação do Brasil à parte integrante do Reino Unido.

Para comemorar esse Dia de São Sebastião, padroeiro dessa Cidade Maravilhosa, postamos um vídeo feito pela MGM em 1936:

Parabéns ao Rio de Janeiro, nesse dia de seu padroeiro.

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube

Agradecimentos:

  • ao amigo Luiz Renato P. Cavalcante, pela informação do vídeo.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Rio de Janeiro – Patrimônio Mundial da Humanidade

 

Estamos republicando nosso post de janeiro/2012:

A cidade do Rio de Janeiro quer ser declarada em 2012 Patrimônio Mundial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) de acordo com suas atrações paradisíacas e a harmonia que existe entre o homem e seus encantamentos naturais.

Pão de Açúcar - Rio de JaneiroHá uma década, Rio de Janeiro se candidatou ao Patrimônio da Humanidade na categoria de Patrimônio Misto, Natural e Cultural. A Unesco, no entanto, rejeitou a proposta e pediu à cidade para se apresentar na modalidade de Paisagem Cultural, reconhecimento que espera alcançar neste ano.

A proposta do Rio de Janeiro para conseguir o título, elaborada pelo Iphan, reúne os principais atrativos da cidade como o Pão de Açúcar e o Corcovado, a Praia de Copacabana, a Floresta da Tijuca e o Jardim Botânico.

No caso de conquistar a declaração, Rio de Janeiro seria a quarta cidade brasileira a levar o título depois de Ouro Preto, Olinda e Brasília.

Vejam o vídeo da proposta de candidatura do Rio de Janeiro:

O video publicado em janeiro/2012 foi retirado do YouTube pelo autor, devido a mudanca da proposta para a Unesco. 

Vejam agora o novo video com a nova proposta do Rio de Janeiro, para a categoria Paisagem Cultural:

Boa Sorte ao Rio de Janeiro !!!

The Point Carioca.

Fontes:

  • YouTube
  • Portal2014.org.br
  • e-mail encaminhado pela seguidora Maria Lucia Figueiredo

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Tributo a Martin Luther King

17/01/2012, Dia de Martin Luther King.

O Dia de Martin Luther King (conhecido como Martin Luther King Day nos Estados Unidos) é um feriado nacional em homenagem a Martin Luther King.

SimonalFoi estabelecido em 1983, sendo celebrado na terceira segunda-feira do mês de janeiro, data próxima ao aniversário de King.

É um dos três feriados nacionais dos Estados Unidos em comemoração a uma pessoa.

No final de 1966 ou início de 1967, Wilson Simonal em seu programa “Show em Simonal”, da TV Record de SP, apresentou a música que havia composto junto com Ronaldo Bôscoli.

Trata-se de “Tributo a Martin Luther King” :

Letra da Música:

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

E na Comemoração dos 50 Anos de Bossa Nova…

Roberto Carlos e Caetano Veloso - Tom JobimAconteceu em agosto de 2008.

Os cantores e compositores Roberto Carlos e Caetano Veloso lançaram um CD e DVD, em homenagem aos 50 anos da Bossa Nova, gravados durante os shows realizados no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, e no Auditório do Ibirapuera em São Paulo

Seu repertório é integralmente formado por canções de Tom Jobim.

Iniciamos os posts de vídeos, mostrando uma entrevista que os dois deram ao Programa Fantástico na véspera do show:

Veja trechos do show, iniciando por “Garota de Ipanema”, de Tom com Viní­cius de Moraes:

Agora, “Wave”, outro sucesso de Tom Jobim, de 1967:

E. finalmente, “Tereza da Praia”, parceria de Tom Jobim com Billy Blanco:

O show contou com a participação do pianista Daniel Jobim, neto de Tom Jobim.

Letras das Músicas:

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Ana Carolina Souza

Ana Carolina - por NetoPopularmente conhecida como Ana Carolina (Juiz de Fora - MG, 9 de setembro de 1974), é uma cantora, compositora, empresária, arranjadora, produtora e instrumentista brasileira de Pop, Pop Rock, Bossa Nova, Samba e MPB.

Conquistou 4 vezes o Prêmio Multishow de Música Brasileira, 3 vezes o Troféu Imprensa e 1 vez o Prêmio TIM de Música.

Ana Carolina conta com inúmeras canções de sucesso, dentre as quais: "Quem de Nós Dois", "Encostar Na Tua", e "É Isso Aí”.

Vejam Ana Carolina interpretando "Quem de Nós Dois", versão  de “La Mia Storia Tra le Dita, canção do cantor italiano Gianluca Grignani com Massima Luca, de 1994.

A versão de Ana Carolina foi feita em parceria com Dudu Falcão em 2002.

O cantor/compositor Jose Augusto fez, em 1996, uma versão para a mesma música dando o nome “A Minha Historia”.

Agora, com Seu Jorge, interpretando "É Isso Aí” (versão feita por Ana Carolina para a música “The Blower's Daughter”, do compositor irlandês Damien Rice). Show gravado em 2005.

E, por hoje, o encontro de Ana Carolina com Roberto Carlos, no especial do Rei em 2009, interpretando "Encostar Na Tua", de sua autoria, e “Como Vai Você”, de Antônio Marcos e Mario Marcos.

Ana Carolina também é presença garantida em nosso acervo.

Letras das Músicas:

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br
  • dudufalcao.com (pagina oficial)

Caricatura:

  • Ana Carolina – por Neto

domingo, 15 de janeiro de 2012

Bossa Nova na Hungria

Sucesso mundial desde o seu lançamento, a Bossa Nova continua tendo vários intérpretes, em diversos países.

Budapest Bossanova QuintetJá mostramos aqui, em outros posts, alguns países com artistas populares que cantam e gravam seus discos com os sucessos de Tom Jobim, Vinicius de Moraes e outros.

Hoje é a vez de mostrar um pouco da Bossa Nova na Hungria.

Trata-se do grupo Budapest Bossanova Quintet.

O grupo é composto por: Hurták Gábor – vocal e guitarra; Tűzkő Csaba – saxofone tenor; Szalay Gábor – guitarra; Földváry Balázs – baixo; e Bágyi Balázs – bateria.

Os vídeos abaixo foram gravados no Budapest Jazz Club (Budapest – Hungary).

Vejam o grupo interpretando “Triste”, de Tom Jobim.

Agora, interpretando “O Pato”, de Vinicius de Moraes, Toquinho e Paulo Soledade.

E, finalmente, “Desafinado”, de Tom Jobim e Newton Mendonca.

Parabéns ao grupo, pelas belas interpretações.

Letras das Músicas :

Fontes:

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Quem não conhece AZIMUTH ?

Ivan Conti Mamão na bateria, Alex Malheiros no baixo e José Roberto Bertrami nos teclados, se conheceram no início dos anos 70.

AzymuthOs músicos inauguraram o Canecão (antiga cervejaria carioca) tocando em grupos diferentes e formaram uma banda chamada Grupo Seleção, tocando em várias casas noturnas, no Rio de Janeiro, sua mistura de jazz , samba, funk e rock e passaram a participar de gravações em estúdios com diversos cantores e orquestras. Entretanto, eles não estavam satisfeitos em simplesmente sentar ao redor, jogar pôquer e ensaiar. A recém-formada banda estava disposta a continuar a fazer shows ao vivo e gravar suas músicas, sempre que possível.

Azymuth
O nome AZYMUTH foi herdado de uma composição dos irmãos Marcos e Paulo Sérgio Valle da trilha sonora do filme/documentário “O Fabuloso Fittipaldi”.

Ouçam a música “Azymuth”, um dos primeiros trabalhos do grupo.

 

Linha do Horizonte

O álbum próprio veio em 1975, com o primeiro sucesso “LINHA DO HORIZONTE”.

Bela composição de Paraná e Paulo Sérgio Valle, “Linha do Horizonte”, ficou conhecida do público graças à novela "Cuca legal", enorme sucesso de audiência da TV Globo em 1975.

 

Voo Sobre O Horizonte
Agora, do álbum "Águia não come mosca", de 1977. Belo tema instrumental do Azymuth, “Voo Sobre O Horizonte” foi incluído na novela Global "Loco-motivas", autoria de Paraná e J. R. Bertrami.

Ainda em 1977, são convidados a participar do Festival de Montreaux, na Suíça, tornando-se o primeiro grupo brasileiro a participar deste Festival.

Na década de 80 o trio continuou excursionando pelo mundo e lançou nove álbuns.

Pigmaleão

E desde então Azymuth é um sucesso mundial.

Relembre “Pigmaleão”, gravado em 1990 por Azymuth.

A música, de autoria de Marcos e Paulo Sérgio Valle foi tema da novela “Pigmaleão 70” da Rede Globo.

 

 

Letra da Música:

Fontes:

  • Wikipédia
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br
  • www.azymuth.net (página oficial do grupo)

Fotos:

  • Azymuth (extraída da página oficial do grupo)

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Brasileiros em Londres

Caetano Veloso e Gilberto Gil, líderes do tropicalismo, também estavam entre aqueles que tiveram cerceadas suas carreiras no Brasil, em seu período mais repressivo.

Gilberto Gil - 1971Gilberto Gil (nascido Gilberto Passos Gil Moreira em Salvador, 26 de junho de 1942) é um músico e político brasileiro.

Nos tempos de faculdade de Administração, Gil conhece Caetano Veloso, sua irmã Bethânia, Gal Costa e Tom Zé. Realizam a primeira apresentação na inauguração do Teatro Vila Velha em junho de 1964 - com o show "Nós, Por Exemplo".

Caetano Veloso - 1971Caetano Veloso (nascido Caetano Emanuel Viana Teles Veloso em Santo Amaro da Purificação, 7 de agosto de 1942) é um músico, produtor, arranjador e escritor brasileiro.

Desde o início da carreira, Veloso sempre demonstrou uma posição política contestadora, sendo até confundido como um militante de esquerda, ganhando por isso a inimizade do regime militar. Por esse motivo, as canções foram frequentemente censuradas neste período, e algumas até banidas.

Caetano Veloso e Gilberto Gil - foto The GuardianEm 27 de dezembro de 1968, Veloso e o parceiro Gilberto Gil foram presos, acusados de terem desrespeitado o hino nacional e a bandeira brasileira. Foram levados presos para o quartel do Exército de Marechal Deodoro, no Rio, e tiveram suas cabeças raspadas. Ambos foram soltos em 19 de fevereiro de 1969, quarta-feira de cinzas, e seguiram para Salvador, onde tiveram de se manter em regime de confinamento, sem aparecer nem dar declarações em público. Em julho de 1969 Caetano e Gil partiram com suas mulheres, respectivamente as irmãs Dedé e Sandra Gadelha, para o exílio na Inglaterra.

Ouçam algumas das músicas dos álbuns de Caetano e Gil, de 1971, compostas e gravadas durante o exílio em Londres.

Maria Bethânia
Nega

 

 

 

 

 

Crazy Pop Rock
London, London

 

 

 

 

 

 

Somente retornariam ao solo pátrio, em 1972. Apresentando-se no programa Som Livre Exportação, declararam publicamente que continuariam trabalhando em prol da música popular brasileira.

Vejam o vídeo de Gil interpretando “Back In Bahia” com a presença de Caetano no palco.

"Sexta Nobre Especial"–TV Globo

 Paulo Diniz (Pesqueira, Pernambuco, 24 de janeiro de 1940) é um cantor e compositor brasileiro. Apesar de ter sofrido censura em algumas de suas músicas, nunca foi preso nem exilado. Entre seus sucessos destaca-se “Quero Voltar Pra Bahia (I Want to Go Back to Bahia) (uma homenagem a Caetano Veloso, então exilado em Londres) .

ouça a música

Em entrevista ao site da UOL, Paulo falou: - Eu lia o Pasquim, e via aquelas cartas que Caetano mandava de Londres. Então pensei, ele lá, com aquele cabelão, aquela cabeça grande, o corpo magro não deve estar causando nada na Inglaterra. Achei que ele deveria estar triste, com vontade de voltar para Bahia. Li que ele estava estudando inglês, então imaginei que a primeira frase que ele poderia ter aprendido seria "I don't want to stay here..."

Atualmente Paulo Diniz continua realizando apresentações, com a mesma voz vibrante de antes, porém numa cadeira de rodas, já que contraiu uma misteriosa doença em 2005 que paralisou seus membros inferiores.

O tropicalismo também está presente no The Point Carioca.

Letras das Músicas:

Fontes:

  • Wikipédia
  • UOL.com.br
  • YouTube
  • Letras.terra.com.br

Imagem:

  • Foto de Caetano e Gil do Jornal The Guardian.