segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Um Feliz 2013 !!!

Para encerrar os posts do ano de 2012 e desejar a todos os nossos Amigos um Feliz 2013, escolhemos uma canção que marcou os réveillons das décadas de 70 e 80.

Os IncriveisA canção “Marcas do que se foi”, de autoria de Roberto Pera e Flecha, foi gravada pelo conjunto Os Incríveis, em 1976.

Os Incríveis foi uma banda brasileira de rock e pop dos 60 e 70, formada em São Paulo por Domingos Orlando, o "Mingo", Waldemar Mozema, o "Risonho", Antônio Rosas Seixas, o "Manito", Luiz Franco Thomaz, o "Netinho" e Demerval Teixeira Rodrigues, o "Neno", que foi substituído em 1965 por Lívio Benvenuti Júnior, o "Nenê".

Inicialmente, a banda chamava-se The Clevers e, em seus shows, tocavam principalmente twist, estilo em moda no início da década de 1960. O sucesso veio durante o período da Jovem Guarda, o grupo alterou o nome após romper com o empresário Antônio Aguilar, que era o dono da marca The Clevers, com a mudança de nome e canções populares como "Era um Garoto Que, Como Eu, Amava os Beatles e os Rolling Stones", "O Milionário" e "Eu Te Amo, Meu Brasil".

Relembrem “Marcas do que se foi”:

Feliz Ano Novo a todos os nossos Amigos !!!

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Letra da Música:

Fontes:

Aniversários da MPB : Rita Lee

Rita LeeRita Lee Jones Carvalho, mais conhecida como Rita Lee (São Paulo, 31 de dezembro de 1947), é uma cantora, compositora, atriz e instrumentista brasileira. Vendeu mais de 65 milhões de cópias de discos, a cantora brasileira que mais vendeu na história da música do país.
Ao longo de sua carreira, foi premiada com mais de 30 discos de platina, 10 discos de ouro, 5 de diamante.
Por vezes conhecida como "Rainha do Rock Brasileiro", Rita Lee construiu uma carreira que começou com o rock mas que ao longo dos anos flertou com diversos gêneros, como o tropicalismo, o pop rock e a música latina, criando um hibridismo pioneiro entre gêneros internacionais e nacionais.
The Point Carioca
Assinem nosso Blog.

Letra da Música:

Fontes:



sábado, 29 de dezembro de 2012

As viagens de Fim de Ano

Roberto Carlos - 1969Grande parte da população de São Paulo (Capital) passa seus feriados e, principalmente, o Réveillon no litoral paulista.

Nessas horas, em meio ao congestionamento das estradas, a gente fica lembrando o grande sucesso de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, do ano de 1969, “As Curvas Da Estrada de Santos”, música que se tornou um dos maiores sucessos de Roberto Carlos, sendo obrigatória nos seus shows.

Além da grande interpretação do autor, uma outra grande intérprete gravou esse sucesso. Trata-se de Elis Regina que, como sempre, colocou sua própria marca e estilo de interpretar. Relembrem :

Neste vídeo, Elis Regina foi acompanhada, na bateria, pelo grande Wilson das Neves.

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Letra da Música:

Fontes:

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Aniversários da MPB : Wanessa Camargo

Wanessa CamargoWanessa Godói de Camargo Buaiz (Goiânia, 28 de dezembro de 1982), conhecida como Wanessa Camargo ou apenas Wanessa, é uma cantora e compositora brasileira de música pop.

A cantora é filha do cantor Zezé Di Camargo e sobrinha da atriz Luciele di Camargo e do cantor Luciano Camargo.

Em 2007 passa a adotar apenas o nome Wanessa, deixando de lado o sobrenome famoso Camargo, e lança o álbum Total, trazendo uma sonoridade mais adulta e séria, marcado pelo sucesso "Me Abrace" e vendendo ao todo 100 mil cópias, que lhe rendeu seu primeiro certificado de platina.

Já em 2011 lança o álbum DNA, com canções totalmente em inglês.

Ouçam “Love Won’t Let Me :

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Fontes:

A Jade de João Bosco

Album Obrigado Gente - Joao Bosco - 2006Hoje vamos fazer um post curtinho.

Só a beleza da música de João Bosco, bastante difundida pela novela da TV Globo, já seria o bastante para o post.

Como diz João Bosco em seu site: “…Jade foi uma música que eu tinha. Estava fazendo um trabalho em Los Angeles e essa música me veio assim, uma letra inteira, assim, dizendo essas coisas, “aqui meu irmão”, e essa pedra que é uma coisa. Eu às vezes tenho umas afinidades, por exemplo certas cosias como minérios, minerais. Houve uma época que eu tinha tendência a estar envolvido com certo tipo de mineral. Atualmente, de certo tempo pra cá, jade, até ganhei um anel de jade, que me foi dado por um joalheiro, que hoje vive na Itália. … Eu não me lembro de ter trabalhado nada dessa letra, porque eu estava em Los Angeles e acordei, e acho até que essa letra eu fiz num sonho, porque quando acordei eu comecei a lembrar da letra e comecei a escrever, e ela praticamente saiu assim, como naquele trampolim, naquela coisa que você se atira e cai numa imensidão de cor, de verde, de mar, de água, de pedra, entendeu?, de sensualidade, de mulher, de sexo, de tudo.”

Vejam João Bosco interpretando a canção “Jade”, sucesso de seu álbum “Obrigado Gente !”, de 2006:

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Letra da Música:

Fontes:

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Anotem na Agenda: Liz Rosa e Quarteto

clique para ampliar

Uma dica de nossa amiga Evelyne Bakker

Para quem estiver pelo Rio de Janeiro, apresentação de Liz Rosa e Quarteto, no VIZta - Hotel Marina Palace, no Leblon.

Dias 27, 28 e 29 de dezembro de 2012.

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Por onde andam Antônio Carlos & Jocafi ?

Antonio Carlos e Jocafi Antônio Carlos e Jocafi formam uma dupla de cantores e compositores brasileiros, nascidos na Bahia, que começaram a carreira em 1969 no Festival Internacional da Canção e fizeram sucesso na década de 1970.

Os nomes verdadeiros dos componentes da dupla são Antônio Carlos Marques Pinto e José Carlos Figueiredo.

Muitas de suas canções fizeram parte da trilha sonora de muitas telenovelas, algumas como tema de abertura.

Canções como "Você Abusou" foram sucesso na voz de Maria Creuza, que mais tarde se casou com Antônio Carlos.

Outros sucessos: "Jesuíno Galo-Doido"; "Dona Flor e Seus Dois Maridos";  "Desacato";  "Toró de lágrimas"; e "Mas que doidice".

Seu sucesso maior, contudo, continua sendo a composição "Você Abusou", que, a partir de 1973, virou sucesso internacional, especialmente na França, cuja versão passou a chamar "Fais comme l'oiseau", feita por Michel Fugain. A mesma música também tem versões em espanhol e japonês, além de gravações de Célia Cruz, Sérgio Mendes e Stevie Wonder.

Relembrem "Você Abusou" :

Em 2002 a dupla apresentou-se no Vinicius Piano Bar no Rio de Janeiro.

No ano de 2006 eles apresentaram-se no Bar Brahma, em São Paulo e no Vinicius Piano Bar, em Ipanema, no Rio de Janeiro.

Em 2010 a dupla foi homenageada na cidade de Salvador pela Escola Baiana de Canto Popular, no palco do Teatro Solar Boa Vista, com  o show "Kabaluerê", comemorando os seus 40 anos de atividades artísticas.

No ano de 2011 a dupla voltou a fazer temporada no palco do Vinicius Piano Bar, no bairro de Ipanema, no Rio de Janeiro.

Relembrem o sucesso “Desacato”, concorrente do "VI Festival Internacional da Canção", no ano de 1971:

Entre os intérpretes de Antônio Carlos e Jocafi destacam-se também Luiz Gonzaga, Elis Regina e Gilberto Gil.

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Letras das Músicas:

Fontes:

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Aniversários da MPB : Simone

SimoneSimone Bittencourt de Oliveira, conhecida simplesmente como Simone (Salvador, 25 de dezembro de 1949), é uma cantora brasileira.

Jogadora profissional de basquete, chegou a ser convocada duas vezes para a Seleção Brasileira de Basquetebol, mas devido a duas entorses, foi cortada antes do embarque e na segunda, durante o campeonato mundial de 1971, ficou no banco de reservas.

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Fontes:

domingo, 23 de dezembro de 2012

O Cidadão Zé Geraldo

Ze GeraldoJosé Geraldo Juste, conhecido como Zé Geraldo, (Rodeiro, 9 de dezembro de 1944) é um cantor e compositor brasileiro.

Nascido em Rodeiro, uma pequena cidade do interior de Minas Gerais, foi criado em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, também em Minas, de onde saiu, aos dezoito anos, para estudar e trabalhar em São Paulo.

Nos anos sessenta, sofreu um acidente automobilístico, que acabou com seu sonho de jogar futebol profissionalmente. Ficou internado durante um ano num hospital em Carangola, onde aprendeu os primeiros acordes e desenvolveu o lado compositor. Durante dois anos, fez fisioterapia na cidade de Santos. Nessa mesma época, trava conhecimento de uma banda que tocava em bailes, da qual passa a fazer parte - cantando em inglês.

Na década seguinte forma-se em Administração, enquanto tocava em bailes. Após alguns anos, tendo adquirido alguma experiência de palco, decide participar de festivais de música, sem deixar o emprego de executivo. No ano de 1978, participa do Primeiro Festival de Música da Ericsson no Brasil, e alcança a vitória. É então contratado pela gravadora CBS, abandonando a carreira de executivo e abraçando a carreira artística.

Em seu álbum Terceiro Mundo, de 1979, fez grande sucesso nacional com a música “Cidadão”, regravada, entre outros intérpretes, pelo paraibano Zé Ramalho e pelo cantor Sílvio Brito.

 

Gravada originalmente na década de 80 e regravada em 1996 no seu álbum Acústico a música “O Pastor e o Leão”, também conhecida como "Ou dá ou Desce", continua bem atual.

 

O verdadeiro country rock brasileiro.

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Letras das Músicas:

Fontes:

sábado, 22 de dezembro de 2012

37.000 !!! Nossa nova marca.

Em 26 de Dezembro de 2011 comemoramos os 10.000 acessos que nosso Blog alcançava, com visitantes em 34 países.

Hoje, 22 de Dezembro de 2012, passado praticamente um ano, estamos comemorando a marca de 37.000 acessos, com mais de 8.700 visitantes distintos, divididos entre 54 países.

The Point Carioca

Queremos agradecer a todos que nos acessaram e aos que continuam nos prestigiando.

Esperamos contar com a participação de todos em nosso Grupo, basta assinar como Membro de nosso site (ao final da página).

Mais uma vez, OBRIGADO !!!

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

E o Mundo não se Acabou

Bem, deixei este post programado para o dia de hoje e, se foi publicado, mostra que o mundo não se acabou na data de ontem, conforme previsão dos Maias.

Assis ValenteE para mais uma vez comemorar a continuidade de existência desse nosso Mundo maravilhoso, vou postar uma composição de Assis Valente.

José de Assis Valente (Santo Amaro, 19 de março de 1911 – Rio de Janeiro, 6 de março de 1958) foi um compositor brasileiro, levado ao suicídio por dívidas. É conhecido por compor diversos sucessos para Carmem Miranda, além da canção "Brasil Pandeiro", que foi recusada por ela, mas tornou-se um imenso sucesso com os Anjos do Inferno e principalmente os Novos Baianos.

Em 1938, Carmen Miranda lançou o samba-choro "E o mundo não se acabou", uma perfeita crônica sobre o fim do mundo, devido à  possível colisão do cometa Halley com a Terra.

Vejam o vídeo de Paula Toller interpretando esse sucesso, regravado em 2008, com a letra “um pouco alterada”:

Em Março de 1958, desesperado com as dívidas, Assis Valente vai ao escritório de direitos autorais, na esperança de conseguir dinheiro. Ali só consegue um calmante. Telefona aos empregados, instruindo-os no caso de sua morte, e depois para dois amigos, comunicando sua decisão.

Sentando-se num banco de rua, ingere formicida, deixando no bolso um bilhete à polícia, onde pedia ao também compositor e amigo Ary Barroso que lhe pagasse dois alugueres em atraso. Morria às seis horas da tarde. No bilhete, o último "verso":

"Vou parar de escrever, pois estou chorando de saudade de todos, e de tudo."

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Letra da Música:

Fontes:

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

A Rosa de Hiroshima

Vinicius de MoraesSempre que se fala em “Fim do Mundo” a imagem das Bombas Atômicas surgem por toda a mídia.

Rosa de Hiroshima é um poema de Vinícius de Moraes, musicado por Gerson Conrad na canção Rosa de Hiroshima da banda Secos e Molhados. Fala sobre a explosão atômica de Hiroshima. O poema alude aos Bombardeamentos de Hiroshima e Nagasaki da Segunda Guerra Mundial.

Rosa de Hiroshima foi lançada no ano de 1973, no disco de estreia do grupo. Foi a única canção creditada a Gerson Conrad no álbum. A canção é um grito pacifista e antinuclear, lançada em plena ditadura no Brasil. Foi apresentada ao vivo no espetáculo histórico do grupo no Maracanãzinho em meados de 1974.

A música foi a décima terceira mais executada nas rádios brasileiras no ano de 1973 . Em 2009, a revista Rolling Stone brasileira listou Rosa de Hiroshima como a número 69 entre As 100 Maiores Músicas Brasileiras.

Ney Matogrosso regravou, e apresentou ao vivo esta canção em carreira solo.

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Letra da Música:

Fontes:

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Nova Receita : Fricassê de Frango

fricasse de frangoColocamos uma nova receita em nosso Blog.

Visite nossa página de Receitas e confira o Fricassê de Frango.

Esperamos que vocês gostem.

Testamos e aprovamos.

 

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Apresentando Júlia Vargas

Transcrevemos, abaixo, o texto postado por Ivan Lins em sua página do Facebook:

Julia VargasAmigos, prestem atenção neste rostinho lindo!
Júlia Vargas, afirmo com uma certeza absoluta, poderá se tornar uma das mais fortes presenças cantantes desta nova geração de cantoras que vem por aí. De personalidade muito forte, e cuidadosa com seu repertorio(o que já é um ótimo sinal), possui um material vocal muito particular e acurado, e tem sempre em mente se diferenciar das demais, procurando e
stilos variados, com sonoridades mais acústicas, sem, no entanto, evitar, certas modernidades dos sons de hoje, onde a tecnologia desenvolveu muitos recursos interessantes.. Júlia sabe se defender, apesar da pouca idade. Indica, claro, uma maturidade precoce, que lhe é muito útil já agora e será muito mais no futuro. Minha cotação pra ela (que já considero uma afilhada) é bonequinho em pé aplaudindo. Podem checar....
Ivan Lins

Júlia Vargas é cantora, bailarina e percussionista, em intensa atividade nas cenas musicais do estado do Rio de Janeiro, e se prepara para lançar seu primeiro CD solo, com Rodrigo Garcia assinando a produção musical.

Vejam dois vídeos desse novo talento da MPB:

Palavras de quem conhece MPB.

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Fontes:

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Sucessos de Sueli Costa

 Sueli Correa Costa (Rio de Janeiro, 25 de julho de 1943) é uma cantora e compositora brasileira.

Sueli CostaNascida numa família de músicos, onde a mãe tocava piano e ministrava aulas de canto coral. Foi nesse ambiente que aprendeu sozinha a tocar violão na adolescência, ao lado dos irmãos que também musicavam.

Nos anos 1960 iniciou atividades como compositora, enquanto conciliava os estudos na Faculdade de Direito em Juiz de Fora, aonde foi criada, até 1969 quando seguiu para o Rio de Janeiro. Anos de ininterrupta atividade como compositora, músicas gravadas por grandes intérpretes como Nara Leão, participou da trilha sonora de peças infantis, e em festivais, além de ter ministrado aulas de música em colégios cariocas formaram um currículo respeitável.

A década de 1970 marcou um grande momento de reconhecimento do talento por parte de intérpretes como Ney Matogrosso, Simone, Cauby Peixoto, Pedro Mariano, Joanna, Fagner, Fafá de Belém, Alaíde Costa, Ângela Rô Rô, Elis Regina, Ivan Lins, Zélia Duncan, Zizi Possi, Agnaldo Rayol, Gal Costa e Ithamara Koorax, entre outros. O nome de Sueli Costa passou a fazer parte então da elite de compositores da MPB. Com o sucesso batendo à porta, foi contratada pela EMI e gravou o primeiro LP (1975) com produção de Gonzaguinha e arranjos de Paulo Moura e Wagner Tiso. Dois anos depois veio o segundo LP, (1977), com produção de João Bosco e Aldir Blanc. Os parceiros mais importantes até hoje são, no início, Cacaso e Tite de Lemos; depois apareceram Aldir Blanc, Ana Terra, Paulo César Pinheiro e Abel Silva, com quem consagrou uma dupla de sucesso.

Ouçam a interpretação de Sueli Costa em “Dentro de Mim Mora Um Anjo”, composição sua de 1975:

Agora, Maria Bethânia, interpretando “Coração Ateu”:

E, finalmente por hoje, Fagner interpretando “Jura Secreta”, gravado no ano de 2000:

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Letra da Música:

Fontes:

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

O samba paulista de Itamar Assunção

Itamar AssumpçãoPouco conhecido pelo público carioca, Itamar de Assumpção (Tietê, 13 de setembro de 1949 — São Paulo, 12 de junho de 2003) foi um compositor, cantor, instrumentista, arranjador e produtor musical brasileiro, que se destacou na cena independente e alternativa de São Paulo nos anos 1980 e 1990.

O vídeo abaixo mostra Zélia Duncan interpretando “Leonor”, de autoria de Itamar, que foi gravada em seu disco de 2004.

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

 

Letra da Música:

Fontes:

domingo, 16 de dezembro de 2012

Relembrando o Post de 15/12/2010

 

Em 15/12/2010 publicamos o post abaixo :

 

The Point Carioca – Sempre tem Do Seu Lado

E para curtir um bom Point Carioca, nada melhor do que o sucesso de Nando Reis, “Do Seu Lado”.

 

Para acompanhar, veja a letra do música aqui.

Sempre vale a pena relembrar.

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Fontes:

sábado, 15 de dezembro de 2012

O Fim do Mundo

EDUARDO DUSEKO tão falado “Fim do Mundo”, com data marcada para este final de 2012, já foi desmentido até por técnicos da NASA.

Eu, particularmente, como muitos de vocês, já ultrapassamos diversas datas com previsões de “Fim do Mundo”.

Ao que tudo indica, esta nova previsão foi adiada por mais um milênio e isso nos garante um bom tempo para desfrutarmos das maravilhas de nossa MPB.

Enfim, aproveitando o tema, vamos postar um sucesso de Eduardo Dusek, do ano de 1980, concorrente no festival MPB Shell da Rede Globo, chamado “Nostradamus” :

Então, continuaremos por aqui, pelo menos por mais “mil anos”.

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Letra da Música:

Fontes:

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Aniversários da MPB : Nando Cordel

NANDO CORDEL Nando Cordel, nome artístico de Fernando Manoel Correia (Ipojuca, 13 de dezembro de 1953) é um cantor, compositor e instrumentista brasileiro.

Tem suas canções gravadas por grandes figuras da música popular brasileira, como Elba Ramalho, que transformou em sucesso sua primeira parceria com Dominguinhos: De Volta pro Aconchego.

Sua fama como compositor é bem maior do que como intérprete. Já teve músicas gravadas por Chico Buarque, Zizi Possi, Fagner, Maria Bethânia, Fábio Jr, Martinho da Vila, Fafá de Belém, Ivete Sangalo e outros. Alguns de seus sucessos são Isso Aqui Tá Bom Demais, com Dominguinhos, Hoje é Dia de Folia, interpretada por Xuxa, e Gostoso Demais.

Assinou centenas de composições e teve mais de 500 músicas gravadas por grandes artistas. Em algumas dessas composições contou com a ajuda de importantes parceiros, como Elba Ramalho e Dominguinhos.

Vejam o vídeo com Elba Ramalho e Dominguinhos interpretando De Volta pro Aconchego :

 

Agora, um vídeo com Nando Cordel interpretando seu sucesso Gostoso Demais :

 

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Letras das Músicas:

Fontes:

Centenário de Luiz Gonzaga

100 anos de Luiz GonzagaLuiz Gonzaga do Nascimento (Exu, 13 de dezembro de 1912 — Recife, 2 de agosto de 1989) foi um compositor popular brasileiro, conhecido como o Rei do Baião.

Teve diversos outros “apelidos”, como: Majestade do Baião; Embaixador Sonoro do Sertão; Velho Lua; Bico de Aço; Lula; Pernambuco; e Gonzagão.

Luiz não se dava bem com o filho, apelidado de Gonzaguinha. Ele passou a não ver mais o filho na infância do menino e sempre que o via brigava com ele, apesar de amá-lo.

Com o passar do tempo, tudo foi melhorando quando Gonzaguinha concluiu a universidade, e se tornou músico como o pai.

Pai e filho ficaram mais unidos quando em 1979 viajaram o Brasil juntos, quando o filho compôs algumas músicas para o pai.

Eles se tornaram muito amigos, e conseguiram em fim viver em paz.

Em 2012,o filme de Breno Silveira Gonzaga, De Pai Pra Filho, narrando a relação conturbada de Luiz Gonzaga com o filho Gonzaguinha, em três semanas de exibição já alcançara a marca de 1 milhão de espectadores.

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Letra da Música:

Fontes:

domingo, 9 de dezembro de 2012

Aniversários da MPB : Erlon Chaves

Erlon Chaves

Erlon Chaves (São Paulo, 9 de dezembro de 1933 — 14 de novembro de 1974) foi um maestro, arranjador, pianista e cantor brasileiro.

Ingressou na carreira artística, como pianista de casas noturnas, na década de 1950, quando teve a oportunidade de conhecer muitos músicos e a desenvolver técnica jazzística.

Como cantor, fez sucesso, com a versão de "Matilda", calipso criado por Harry Belafonte, no final dos anos 1950.

Foi diretor musical da TV Rio, sendo um dos responsáveis e autor do Hino do Fic, música de abertura do Festival Internacional da Canção, em 1966.

Em 1970, durante o V Fic, transmitido pela TV Globo, regeu um coral de quarenta vozes, que mais tarde passou a chamar-se Banda Veneno, que posteriormente acompanhou Jorge Ben ou Jorge Ben Jor. Cantou a canção “Eu também quero mocotó, que virou sucesso; e foi acusado, pela ditadura militar brasileira, de assédio moral após uma cena em que é beijado por diversas loiras em apresentação na etapa internacional. Neste festival estava presente o presidente da república, general Emílio Garrastazu Médici.

Provavelmente, por esse motivo, não existe registro em vídeo dessa memorável apresentação.

Encontramos um vídeo com a interpretação de Erlon Chaves e a Banda Veneno, no álbum “Banda Veneno de Erlon Chaves”, do ano de 1971:

A História da Música : No ano de 1969 a moda havia, literalmente, descoberto a perna feminina, subindo as saias bem acima dos joelhos. Enquanto a minissaia escandalizava em seu sucesso, o joelho feminino ganhava um apelido: mocotó. A gíria "oficial" escondia também uma brincadeira de artistas, como Wilson Simonal, que frequentavam a Boate Jogral. O mocotó, para eles, podia designar tanto o joelho, quanto partes íntimas femininas. A partir daí, Jorge Ben compôs "Eu também quero mocotó" com título de duplo sentido.

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Letra da Música:

Fontes:

sábado, 8 de dezembro de 2012

O mês de Dezembro

Dezembro 2012Todo mês de Dezembro a gente já sabe o que nos espera.

Aquele “especial” do nosso grande Rei, depois o famoso “show da virada”, onde muitos “sucessos” musicais e recordes de vendagem são mais uma vez apresentados, e, para finalizar, uma grande queima de fogos com shows populares.

Não bastasse a falta de novidades em programações e eventos, ainda escutamos as mesmas musicas.

Ou você ouve John Lennon, interpretando seu famoso sucesso “Happy Xmas (War Is Over)”, ou acaba ouvindo Simone, interpretando a versão da música de John Lennon, que no Brasil ganhou o título de “Então é Natal”.

Relembrem John Lennon, em seu clipe oficial :

Agora, Simone interpretando a versão brasileira:

Bem, se você pretende variar um pouco, veja o recado de Ivan Lins:

Qualquer que seja a sua escolha, desejamos a você um Feliz Natal.

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Fontes:

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Egberto Gismonti e Os 3 Morais

Egberto GismontiEgberto Amin Gismonti (Carmo, 5 de Dezembro de 1947), conhecido por Egberto Gismonti, é um compositor, multinstrumentista, cantor e arranjador brasileiro, considerado um virtuoso da música instrumental, destacando-se pela sua capacidade de experimentação.

Em 1968, participou do III Festival Internacional da Canção (FIC), com sua composição "O Sonho", interpretada pelo grupo Os Três Moraes.

Escreveu para a música um arranjo para uma orquestra de 100 integrantes.

O sonho - Os 3 MoraisOs Três Moraes foi um grupo musical brasileiro formado pelos irmãos Jane Vicentina do Espírito Santo, Sidney do Espírito Santo e Roberto do Espírito Santo.O nome do grupo vem do sobrenome dos três.

Apesar do sobrenome Moraes, o grupo se apresentava como Os 3 Morais.

Em 1970, Jane se casou com Herondy Bueno (formando a dupla Jane e Herondy).

Embora não tenha se classificado no FIC de 68, "O Sonho" projetou Egberto Gismonti internacionalmente.

Relembrem a gravação desse sucesso de Egberto no FIC:

Em tempo :

Parabéns para Egberto pelo seu aniversário na data de ontem.

The Point Carioca

Assinem nosso Blog.

Letra da Música:

Fontes: